VOCÊ SABE QUAL É A SUA MISSÃO?

6
496

É muito comum que os gestores de uma grande empresa se reúnam para escrever, em conjunto, a declaração da missão da organização que dirigem. Trata-se de alguns poucos parágrafos de texto estabelecendo o que a empresa se propõe a ser e a fazer no mercado que atende.

Normalmente, essa declaração é criada ao fim de longo processo de estudo, onde essas pessoas analisam a empresa em todos seus aspectos – história, vocação, vantagens competitivas, desvantagens, riscos que corre, oportunidades que pode explorar, etc.

O documento contendo a missão costuma ser amplamente divulgado para todos os colaboradores, sendo emoldurado em quadros espalhados pelos escritórios da organização. 

No melhor dos mundos, o conteúdo dessa declaração acaba por se tornar parte da cultura organizacional e termina por influenciar a forma como a organização opera no dia-a-dia. Infelizmente, na maioria das vezes, as intenções ali descritas ficam limitadas ao papel, sem gerar maiores consequências práticas.

Quando Jesus apresentou sua missão
Jesus também fez uma declaração de sua missão. E fez isso logo no começo do seu ministério, como seria de  se esperar.

Ele estava visitando Nazaré, vilarejo onde fora criado, e foi até a sinagoga local. Jesus já tinha certo nome como rabino, pessoa que falava com autoridade sobre as coisas de Deus.  Logo, não foi por acaso, que os líderes da sinagoga de Nazaré convidaram-no a ler a Bíblia (naquela época composto apenas do Velho Testamento) e comentar sobre o que tivesse lido.

E Jesus escolheu um texto do profeta Isaías (Lucas capítulo 4, versículos 18 a 19) que diz:

O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar aos pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para por em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor.

Depois de ler esse texto, Jesus enrolou o pergaminho e declarou para todos (ver versículos 20 e 21): “Hoje se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir”.

Ele não poderia ter sido mais direto: o texto de Isaías definia com perfeição sua missão na terra e Ele comentou para o as pessoas de Nazaré que já  estava cumprindo essa mesma missão.  E foi exatamente isso que Jesus fez durante os três anos do seu ministério.

Foi por isso que, quando João Batista já estava preso, e mandou seus discípulos irem até Jesus e perguntarem se Ele era mesmo o Messias, Jesus disse que sim e concluiu perguntando: Estou ou não cumprindo tudo isso?(Lucas capítulo 7, versículos 19 a 23)

A missão da igreja
Jesus tinha uma missão e a cumpriu com perfeição. E a igreja cristã também tem sua missão na terra. E cabe a nós, cristãos, cumpri-la. A missão que recebemos envolve três coisas. A primeira é agir sempre em comunidade para que uns possam ajudar e dar apoio aos outros.

É claro que as comunidades cristãs (igrejas locais) fatalmente terão defeitos pois são formadas por seres humanos imperfeitos. Mas, ainda Deus nos quer congregando. E tanto é assim que a Bíblia diz que, quando agimos nas igrejas locais, nos transformamos em sacerdotes de Deus  (1 Pedro capítulo 2, versículo 9). E foi esse o exemplo que Jesus deixou ao escolher doze apóstolos (veja mais).

O segundo aspecto da missão da igreja cristã é a obrigação de falar de Jesus em todas as oportunidades (Marcos capítulo 16, versículos 15 e 16). Os cristãos precisam falar do Evangelho de Jesus à medida que seguem pelo mundo, vivendo suas vidas.

Finalmente, a missão da igreja cristã também inclui o cuidado com os pequeninos, ou seja, as pessoas despossuídas (Mateus capítulo 25, versículos 31 a 46). Isso  significa:

  • Dar de comer aos famintos e de beber aos sedentos (tanto no aspecto material como espiritual).
  • Vestir os que estiverem nus, em outras palavras, garantir a dignidade humana daqueles que a perderam.
  • Cuidar dos que sofrem, como os doentes e os desesperados.
  • Visitar quem estiver preso, tanto fisicamente, como também aqueles aprisionados pelos vícios que os escravizam.
  • Agir de forma amigável e respeitosa com os pecadores, ajudando-os a mudarem de vida.
  • Acolher o estrangeiro, isto é, tanto quem muda de país ou cidade, como quem chega na igreja onde congregamos sem conhecer nada e nem ninguém
  • Defender os mais fracos.    
Palavras finais
Cabe cristão deve se auto examinar e ver se está verdadeiramente cumprindo sua parte na missão que Deus deu para a igreja cristã, da qual somos parte.

E o cumprimento dessa missão não pode nunca se resumir a poucas  atividades desempenhadas unicamente aos domingos. Nossa missão, como cristãos, deve pautar nossa vida em todos os momentos, no trabalho ou local de estudo, na família e em todos os demais locais da sociedade.

Com carinho

Total Views: 6 ,

6
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
3 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Vinicius MouraDimi CosmeUlisses Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Dimi Cosme
Visitante
Dimi Cosme

Gloria a Deus, que Deus o abençoe!!!!

Ulisses
Visitante
Ulisses

Isso me edifica muito !!…pois acabei de ter um terrível sonho quando minha esposa me acordou, não sabia ela o que estava acontecendo mais eu fui dormir querendo que Deus falasse comigo em relação a minha missão na terra,hoje posso afirmar mais uma vez que o mundo espiritual existe e é mais tangível que o mundo que vivo… falo do mundo secular. Então se puder algo a fazer agora ,sei que o Senhor Jesus Cristo quer que eu venha experimentar o poder real de sua glória como curar os enfermos e dar liberdade em Cristo Jesus aos que estão aprisionados..sou… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Olá Vinicius,

Concordo com suas publicações que você posta em seu blog. E agradeço pois tenho aprendido muito. Sou Católico mas não seguia a igreja ate um tempo atrás, antes de me converter dos vícios, gostaria de saber o que você diz da nossa religião? Grato

Vinicius Moura
Visitante

Meu caro (minha cara) Eu nasci e fui criado no protestantismo, mas tenho apreço pela igreja católica. Mas infelizmente essa não é a posição de muitos evangélicos, que se colocam em posição muito crítica, acusando a igreja católica de idólatra, dentre outras coisas sérias. Penso que aqueles que fazem isso, esquecem-se daquilo que Jesus ensinou (olhar para os próprios erros antes de criticar os dos outros), pois tem sido no meio evangélico que tem grassado aberrações doutrinárias, como a teologia da prosperidade, que permite os pastores explorar o povo. Meu apreço pela igreja católica decorre de algumas coisas. Primeiro, é… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Realmente a coisa que mais se houve falar da igreja católica é sobre as imagens ( igreja e para doentes não um museu de santo ) mas eu porem sigo a palavra da Bíblia, sou adorador de Cristo, frequento a igreja católica por ser minha religião. Mas minha intenção sempre foi louvar a Deus, não seguir fielmente a igreja e sim a palavra ( Bíblia ). Muito obrigado pela resposta Vinicius. Forte abraço