UMA AGENDA POSITIVA É SEMPRE MELHOR

0
10675

As pessoas costumam ter dois tipos de agenda: negativa e a positiva. A agenda negativa se caracteriza por coisas que as pessoas combatem, ou seja, aquelas que são contra. Já a agenda positiva trata das coisas que elas apoiam e querem ver feitas. 

A propaganda eleitoral no nosso país se caracteriza essencialmente pelas agendas negativas – as últimas eleições são a melhor prova disso. Quase todos os(as) candidatos(as) se caracterizam por falar mal dos/as adversários/as. Perdem mais tempo criticando do que propondo coisas concretas, positivas. 

O problema com as agendas negativas é que elas não geram progresso – podem no máximo evitar ou reduzir problemas. É o esforço em prol de implantar coisas novas, de construir, de fazer diferente do que no passado, que leva a sociedade progredir.  

Infelizmente, os cristãos são conhecidos na sociedade em geral como pessoas cujas agendas são muito mais negativas do que positivas. São muito melhores para falar sobre aquilo que não querem (combatem), especialmente sobre aquilo que é pecado, do que para defender propostas concretas de mudança e melhoria.  

Está mais do que na hora do povo cristão se preocupar em propor agendas positivas, sem deixar, é claro, de condenar aquilo que esteja errado. Veja a seguir alguns tópicos sobre os quais o povo cristão pouco fala e precisam atrair muito mais atenção:

  • Melhor tratamento para o meio ambiente – precisamos ajudar a preservar a criação de Deus.
  • Erradicação do analfabetismo funcional (aquelas pessoas que parecem saber ler, mas não conseguem entender direito aquilo que leem). Afinal, como alguém que é analfabeto funcional pode entender a Bíblia?
  • Melhoria da eficiência do serviço público. Esse problema afeta muito as camadas mais pobres da população, aquelas que mais dependem do Estado para tudo (saúde, educação, transporte, etc).
  • Erradicação da pobreza extrema. Não há justificativa para ainda termos no Brasil um contingente tão de pessoas vivendo em condições extremamente precárias. Sem ter onde morar com um mínimo de dignidade, sem saber se vão ter condições de comer na próxima refeição e assim por diante.

Há muitos outros temas semelhantes a esses que merecem atenção. E uma agenda com esse tipo de conteúdo, se for apoiada fortemente pelo povo cristão, teria boa chande de ser implementada. E assim poderíamos trazer mais luz para o mundo onde vivemos, seguindo aquilo que Jesus nos orientou a fazer.

Com carinho

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of