TEMOS O REI

0
96

A história bíblica dos chamados “juízes” é muito interessante. Israel, ainda no começo da sua vida na Terra Prometida, não tinha rei. O povo tinha juízes, homens ou mulheres que Deus levantava para liderar Israel. Essas pessoas eram chamadas e abençoadas por Deus para cumprir essa difícil tarefa.

E um padrão interessante se repetiu durante todo o tempo dos juízes: o povo pecava, adorando outros deuses, dentre outras coisas. Deus retirava sua proteção e os inimigos de Israel se aproveitavam desse vácuo para fazer grande estrago. O povo, então, lembrava de Deus, se arrependia e pedia libertação. Deus, então, levantava um homem ou mulher para liderar e libertar o povo. O tempo desse/a líder passava e o ciclo de pecado se repetia. Esse ciclo de pecado-queda-libertação só foi interrompido quando Saul foi ungido rei, bastante tempo depois.

Essa situação demonstra como é importante para Deus a obediência e a fidelidade do seu povo. Sem essas duas coisas, não é possível as pessoas construírem uma relação construtiva com Deus. E sem uma relação construtiva com Ele, não há como contar com sua proteção.

E é sobre isso que eu falo no meu mais novo vídeo – veja aqui.

Veja outros vídeos recentes meus aqui e aqui.

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of