A PROVA DE CONFIANÇA EM DEUS

0
356

A melhor forma de entender o conceito de fé é pensar em CONFIANÇA. Se você confia em alguém pode dizer, então, que tem fé nessa pessoa. 

E isso se aplica também à nossa relação com Deus. Assim, se você tem fé em Deus, é porque confia que Ele é bom, misericordioso e sempre atua no sentido de trazer o melhor para você. Simples assim. 

Jesus falou sobre confiança, quando comentou com os discípulos o tipo de fé que o ser humano deve ter em Deus. Ele chegou a dizer que a fé verdadeira é como a confiança cega que as crianças pequenas têm nos seus pais. E é uma fé assim – sem restrições – que Deus espera de cada um/a de nós. 

A fé que as pessoas normalmente têm
Na maioria absoluta dos casos, não é essa que fé que as pessoas têm , mesmo quando são cristãos/ãs sinceros/as. As pessoas costumam confiar em Deus, mas não totalmente. E essa é a pura verdade. 
As pessoas confiam n´Ele mas esperam respostas lógicas para aquilo que acontece com elas. Elas querem, por exemplo, entender os motivos de Deus para permitir que haja sofrimento no mundo. Mais ainda, as pessoas esperam ser protegidas e receber bençãos de Deus em contrapartida para sua fé e quando isso não acontece da forma como imaginavam, se revoltam e ficam bravas com Deus.
Agora, mesmo imperfeita, é essa fé com a qual o Espírito Santo trabalha no dia-a-dia. Ele usa essa confiança frágil e limitada em Deus das pessoas para realizar coisas maravilhosas nas vidas dela.
Os campeões da fé
Não há dúvida que algumas pessoas têm mais capacidade de ter fé em Deus. A Bíblia chega a apresentar relações de “heróis e heroínas” da fé – pessoas que confiarem em Deus num grau muito acima da média dos demais seres humanos. E estou falando de pessoas inteligentes, competitivas e com mentes questionadoras, como Davi ou Paulo. Gente que não iria confiar em qualquer bobagem que lhes dissessem ouvisse.  
O que permitiu a essas pessoas construir uma fé tão forte assim? Simples, sua fé foi construída com base num relacionamento próximo com Deus, mantido por muitos e muitos anos. E se você pensar um pouco, a confiança nas pessoas que nos cercam é construída exatamente assim. 
Por exemplo, eu confio na minha mulher, a ponto de dar um “cheque em branco” para ela, mas esse sentimento foi construído ao longo de anos de convivência, vendo como ela se comporta e conhecendo na prática os princípios éticos que regem sua vida. É óbvio que o sentimento inicial (a paixão) abriu as portas para a relação, mas a confiança só veio com o tempo de convivência.
E não é diferente com Deus. Quando a pessoa se converte, a emoção inicial tem grande peso – ela funciona como a paixão numa relação entre homem e mulher. Mas esse é só o começo. É preciso ir construindo a relação com Deus passo a passo, criar canais de comunicação com Ele e assim por diante. 
Essa é a razão pela qual a Bíblia ensina que a “fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus” (Romanos capítulo 10, versículo 17). O estudo da Bíblia ajuda poderosamente na construção de uma relação íntima e saudável com Deus. Mas há outras coisas que podem ser feitas para aprofundar essa relação, como a oração constante, o diálogo entre a pessoa e Deus). Como também o louvor, a manifestação concreta da alegria que pessoa sente em se relacionar com Deus. E assim por diante.
Concluindo, invista na sua relação com Deus e veja sua fé, sua confiança n´Ele,  crescer. Você só vai se beneficiar com isso.
Com carinho  

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of