PASSAGENS DA BÍBLIA QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

2
15061

Hoje vou listar as doze passagens da Bíblia que você precisa conhecer bem, para poder dar suporte à sua fé cristã. Essas passagens dão o embasamento bíblico para as doutrinas mínimas que todos os cristãos precisam acreditar (veja mais).

Não confunda essa relação de passagens bíblicas com uma outra onde listei os textos mais populares da Bíblia (veja mais), isso porque popularidade nem sempre é sinônimo de importância. Alguns versículos constam das duas relações, mas isso não é obrigatório.

Escolhi o número doze porque esse é um número que tem a ver com a história do povo de Deus: doze eram as tribos de Israel e Jesus escolheu doze apóstolos.

Aproveite a leitura para fazer um teste: veja quantas dessas passagens você já conhece bem. Esse teste vai lhe dar uma noção real de como anda seu conhecimento da Bíblia.

1) O resumo do Evangelho (João capítulo 3, versículo 16)

Esse versículo por coincidência é o mais popular da Bíblia. E isso faz sentido porque ele tem enorme importância, já que resume numa única frase o significado do Evangelho. Deus nos ama e, como deseja nos salvar da condenação fruto dos pecados, mandou seu Filho, Jesus, para morrer por nós numa cruz (veja mais).

2)  Jesus, o único caminho para Deus (João capítulo 14, versículo 16)

Nesse texto Jesus explicou qual é seu papel: Ele é o único caminho para Deus. Em outras palavras, sem Ele, estamos perdidos (veja mais). Esse versículo complementa o anterior.

3)  O que agrada a Deus é a fé (Hebreus capítulo 11, versículo 6)

Sabemos que nossa salvação se dá pela fé em Jesus. Mas, a fé vai além disso: é a única forma que temos de agradar a Deus. Simples assim.

4)  O fruto do Espírito Santo (Gálatas capítulo 5, versículos 22 e 23)

A fé verdadeira, ou seja, aquela que salva, dá resultado (fruto), pois concorre para a modificação do interior da pessoa. Na carta aos Gálatas, Paulo detalhou o que é esse fruto: paciência, alegria, amor, etc.

5)  Os Dez Mandamentos (Êxodo capítulo 20, versículos 3 a 17)

Já escrevi bastante sobre esse tema, inclusive analisando individualmente cada um dos mandamentos (veja mais). Eles estão divididos em dois grupos: um que trata do nosso relacionamento com Deus, ou seja, composto dos mandamentos um a quatro (não terás outros deuses, não farás para ti imagens de escultura, não tomarás o santo nome de Deus em vão e guardarás o dia do sábado). O segundo grupo trata do relacionamento entre as pessoas, ou seja, os mandamentos seis a dez (não matarás, não furtarás, não adulterarás, não dirás falso testemunho e não cobiçarás o que é do próximo). O quinto mandamento (honra pai e mãe) separa os dois grupos: é como se tivesse um “pé” em cada grupo.

6) A grande comissão (Mateus capítulo 28, versículo 18)

Jesus nos mandou pregar o Evangelho sempre que tivermos oportunidade. Trata-se de ato de amor, pois, se entendemos que Jesus é fundamental para a vida de qualquer pessoa, precisamos sempre falar dele. Trata-se do famoso mandamento de ir pelo mundo e pregar o evangelho a toda criatura.

7)  O resumo de todos os mandamentos (Mateus capítulo 22 versículos 37 a 39)

Jesus nos apresentou a “Lei do Amor”, resumindo todos os mandamentos a apenas dois: “amar a Deus sobre todas as coisas” e “amar o próximo como a ti mesmo” (veja mais).

8) Os planos de Deus para nós (Jeremias capítulo 29 versículo 11)

Esse é outro versículo na lista dos mais populares. Nele Deus revela que seus planos para nós são benignos e devem gerar esperança quanto ao futuro.

9)  Deus é o nosso Pastor (Salmo 23)

Esse Salmo escrito por Davi é outro texto muito conhecido. Ali Deus revela como cuida de nós: da mesma forma que um pastor dedicado cuida das suas ovelhas. Jesus usou muitas vezes a imagem do pastor de ovelhas nos seus ensinamentos, ecoando o texto de Davi.

10) Livramento da carga emocional negativa (1 Pedro capítulo 5, versículo 7)

O apóstolo Pedro nos conclamou a depositar sobre Jesus toda nossa carga emocional: ansiedade, medos, preocupações, etc. E isso é consequência da fé em Deus, da confiança que devemos ter nele.

11)  A “armadura” do Espírito Santo (Efésios capítulo 6, versículos 6 a 18)

Paulo descreveu a “armadura” que precisamos vestir para nos defender dos ataques espirituais de Satanás. Trata-se de texto de grande importância para nossa proteção espiritual.

12) Você não será tentado além das suas forças (1 Corintios capítulo 10 versículo 13)

As tentações virão e isso é inevitável – o próprio Jesus foi tentado por Satanás. Mas, Deus nos prometeu que nunca seríamos tentados além das nossas forças. Em outras palavras, sempre teremos condição para resistir e dizer não para Satanás.

Com carinho

Total Views: 188 ,
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Kleiciara Pereira Cantanhede

Muito bom,Deis te abençoe grandemente

Anônimo

devemos perseverar em nome de jesus,amém!!