O QUE JESUS FEZ DURANTE OS ANOS “SILENCIOSOS”

0
13568

Jesus passou por anos silenciosos, isto é um período de tempo com duração de cerca de 20 anos sobre o qual a Bíblia nada conta. Os anos silenciosos vão desde o seu “bar mitzvah”, ou seja, sua maioridade religiosa, quando Ele tinha 13 anos, até o início do seu ministério, já com trinta e poucos anos.

A mídia e os escritores sensacionalistas sempre inventam alguma coisa para tentar preencher esse vazio. Há uma grande industria de livros e filmes que busca explicar o que aconteceu nesses cerca de 20 anos. E foram produzidos todos os tipos de absurdos. Vejamos alguns exemplos:

Alguns afirmam que Jesus teria emigrado para a Índia, onde foi instruído nos mistérios da fé hindu; já outros dizem que Ele teria sido educado pelos essênios, seita judaica muito estrita nos princípios de vida; e ainda há quem defenda que Jesus teria ido até a Inglaterra, onde conheceu a religião celta. 

A maioria dos estudiosos mais responsáveis, e eu concordo com eles, pensa que Jesus passou esses 20 anos no mesmo lugar, na vila de Nazaré. Foi para lá que os pais levaram Jesus quando Ele era ainda um bebê. E foi por isso que Jesus ficou conhecido como o “Nazareno” (Mateus capítulo 2, versículo 23). 

A melhor explicação para a ausência de informação na Bíblia sobre esse período de tempo e que nada significativo tenha acontecido com Jesus. E esse raciocínio faz todo sentido por uma razão simples. O espaço disponível num pergaminho (o rolo feito de couro usado para escrever nos tempos bíblicos) era muito limitado. Assim, os autores dos textos precisavam escolher que informações incluir ou deixar de fora para seu relato caber no espaço disponível. 

E se nada tiver acontecido de importante nesse período da vida de Jesus, não é de admirar que os autores dos Evangelhos nada tenham dito. Assim, eles economizaram espaço precioso para poder relatar o que importava de fato (seu ministério, a crucificação e a ressurreição). 

Mas, ainda assim, cabe a pergunta: o que Jesus fez nesses 20 anos? A resposta é simples: Ele trabalhou como carpinteiro para sustentar sua família. A Bíblia não se refere a José após o bar mitzvah de Jesus, logo é razoável supor que ele tenha morrido algum tempo depois dessa cerimônia. E Jesus, como filho mais velho, passou a ser responsável pelo sustento da família como um todo. 

Jesus precisou então trabalhar pesadamente como carpinteiro, que era uma espécie de operário especializado da construção civil. Suas mãos certamente ficaram calejadas por muitas horas de trabalho diário muito duro. 

E Jesus usou também esse longo período para aprofundar seu relacionamento pessoal com Deus, à medida em que foi amadurecendo e tomando consciência da missão que lhe estava reservada. 

Finalmente, foi nesse período em que Jesus foi instruído na Palavra de Deus. Como Ele não teve uma formação teológica sistematizada, coisa reservada apenas para sacerdotes e escriba. Então foi preciso que Deus instruísse Jesus naquilo que Ele precisava saber e não sabemos como isso se deu. E tanto foi assim, que, em determinado momento do ministério de Jesus, lhe perguntaram como um simples carpinteiro conhecia tanto a Palavra de Deus, Ele respondeu: O meu ensino não é meu, e sim, d`Aquele que me enviou” (João capítulo 7, versículos 16 e 17). Foi esse ensinamento que deu a Jesus condições de ensinar o povo com autoridade, desafiando aqueles que questionavam sua doutrina.  

Em resumo, durante os anos silenciosos, Jesus trabalhou duro para sustentar sua família e se preparou para seu futuro ministério. Não foi um período cheio de glamour ou mesmo de experiências memoráveis, mas teve grande importância na sua vida. 

Lembre-se disso quando você chegar em casa desanimado/a, ao final do dia, cansado do trabalho ou do estudo. lembre-se que esse tempo pode vir a ser muito útil para aprendizado e crescimento espiritual e emocional. Afinal, a Bíblia diz, em 1 Coríntios capítulo 10, versículo 31, que mesmo as coisas mais simples da vida – como comer e beber – são importantes quando feitas para honra e glória de Deus. 

E foi isso que Jesus fez: santificou cada gota de suor que derramou. Cada hora que dedicou ao estudo ou à oração. 

Com carinho

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of