O DIVÓRCIO É PECADO?

217
30021

Esse é um tema muito, mas muito controvertido, entre os cristãos. Hesitei um pouco em me pronunciar sobre ele pois, como sou divorciado, poderia não ter a necessária isenção para tratar dele. Mas, pensando melhor, acho que não posso me furtar a dizer o que penso, mesmo que seja criticado por isso – os leitores deste blog merecem isso de mim.

E quero deixar bem claro, desde o início, que o divórcio não é uma boa saída para os problemas conjugais. Pode ser até a única saída disponível, em determinados casos, mas o divórcio sempre traz sofrimento, tanto para o casal, como para os filhos. E sempre deixará atrás de si a sensação de fracasso, pois o divórcio é exatamente isso – o fracasso de manter uma relação muito importante. Portanto, todo esforço deve ser feito para preservar os casamentos, sempre que possível.

Mas ainda assim é preciso ter uma resposta para as inúmeras pessoas cristãs, como foi meu caso, que se vêem ante o divórcio. Divorciar-se é pecado? Divorciar-se e casar de novo é adultério?

Uma discussão apropriada do tema, em todas as usas nuances, seria muito longa para o espaço que tenho aqui. Assim, poderei apenas esboçar os principais argumentos para tentar tirar o peso que muitas vezes é jogado sobre os ombros das pessoas, que já sofrem com a separação em si, quando esse ato é rotulado de “pecado” grave.

O que Jesus disse
A base dessa discussão está em dois textos bíblicos, um de Jesus e outro do apóstolo Paulo e vou começar pelo que Jesus disse.

Antes de tudo, é preciso entender o pano de fundo para o pronunciamento de Jesus. Em Deuteronômio capítulo 24, versículo 1, a lei que diz que o marido podia se divorciar da mulher no caso de “coisa indecente” praticada por ela. A questão que havia, então, era como definir “coisa indecente” – é importante perceber que a discussão é sempre dos direitos do homem quanto a pedir o divórcio, pois a mulher nunca podia tomar essa iniciativa.

Havia duas escolas rabínicas que competiam entre si: a de Hillel e a de Shamai. Hillel sempre interpretava as leis de forma mais liberal e, quase sempre, Jesus concordava com suas abordagens. E na controvérsia sobre o divórcio, Shamai interpretou a lei dizendo que o divórcio somente poderia ser possível se a esposa fosse infiel ou se deixasse de prover cuidado emocional e material ao marido (Êxodo capítulo 21, versículos 10 e 11). Já Hillel, entendeu que “coisa indecente” se aplicava a muitas situações e, portanto, um homem podia se divorciar até por não gostar da comida da esposa ou por ela ter envelhecido.

Jesus foi pressionado pelos fariseus a se pronunciar sobre essa controvérsia e ele respondeu da seguinte forma:

“Quem repudiar sua mulher, não sendo por relações sexuais ilícitas, e casar com outra, comete adultério (e o que casar com a repudiada comete adultério”.  Mateus capítulo 19, versículo 9

Em outras palavras, Jesus disse que, nesse caso, Ele apoiava a interpretação mais restritiva de Shamai, limitando as razões válidas para divórcio. E a razão foi simples: a posição mais rígida era a que melhor defendia a mulher, a parte mais fraca no casamento.

Infelizmente há muitos que olham para as palavras de Jesus e as tomam ao pé da letra: entendem que Ele proibiu o divórcio, em qualquer situação, exceto em caso de adultério. Mas essa interpretação é muito problemática, pois se levarmos o texto ao pé da letra, a proibição se aplicaria apenas ao divórcio por iniciativa dos homens e as mulheres estariam livres para se divorciar sem restrição, pois elas não foram citadas por Jesus.

Mas é claro que Jesus não se referiu às mulheres porque elas não podiam pedir divórcio e certamente o ensinamento se aplica também a elas. Ora, para chegar a essa conclusão é preciso considerar as circunstâncias em que o ensinamento foi dada e aí a interpretação não é mais apenas ao pé da letra.

E, se vamos levar em conta as circunstâncias, é preciso considerar a questão entre Hillel e Shamais, que mencionei acima e que Shamais, com quem Jesus concordou, também como válidas, para fins de divórcio, a negação de cuidados físicos e emocionais.

Portanto, a melhor leitura do ensinamento de Jesus é: o divórcio não pode ser fator de injstiça, quer contra o homem, como contra a mulher. Quando isso ocorre, o divórcio é pecado. E a injustiça está sempre presente quando não motivo aceitável: infidelidade e negação de cuidados físicos ou emocionais.

O que Paulo disse                                                       

O marido conceda à esposa o que lhe é devido e também semelhantemente a esposa a seu marido…Ora, aos casados, ordeno, não eu mas o Senhor, que a mulher não se separe do marido (se, porém, ela vier a separar-se que não se case, ou que se reconcilie com seu marido); e que o marido não se aparte da sua mulher … Mas, se o descrente quiser apartar-se, que se aparte; em tais casos não fica sujeito à servidão, nem o irmão, nem a irmã; Deus vos tem chamAdo à paz.”  1 Coríntios capítulo 7, versículos 3 a 15 

Paulo começa por dizer que os esposos devem conceder um ao outro o que lhe é devido. E não detalha o que é isso, exceto no que tange aos direitos relacionados com o direito ao sexo. Isso porque todos os leitores daquela época conheciam os textos de Êxodo e Deuteronômio que citei acima, que se referem à fidelidade e obrigação de cuidados físicos e emocionais.

A seguir Paulo usa palavras fortes proibindo o divórcio. Mas, pela ordem do texto, onde ele colocou antes a obrigação e depois a proibição, fica claro, a meu ver, que a proibição se aplica desde que a obrigação tenha sido cumprida. Ou seja, se a esposa (ou o marido) cumprir for fiel, der apoio moral e material ao seu marido, é proibido divorciar-se dela.

O que vemos aqui é Paulo falando mais ou menos o que Jesus já tinha dito: o divórcio por motivos fúteis, é pecado.

Mais adiante, Paulo dá uma outra possibilidade que pode ser alegada para pedir divórcio: o abandono de um cônjuge pelo outro. E faz todo sentido, porque um cônjuge abandonado não pode receber apoio material e emocional.

Ao final, Paulo diz ainda algo de grande importância: Deus nos chama para termos paz! Ou seja, aparece aí um qualificador para o casamento, que permite entender melhor quando é possível pedir divórcio, de forma lícita: onde não há mais esperança de haver paz.

Palavras finais
Assim, situações onde um dos cônjuges nega ao outro amor, comete abusos emocionais e físicos, trai repetidamente ou abandona, dentre outras, podem caracterizar uma quebra de confiança irrecuperável dentro do casamento. E aí a paz conjugal não mais poderá ser re-estabelecida.

Abre-se, então, espaço para o divórcio, sem que haja pecado, bem como para reconstrução da vida daquele/a que se divorciou com outro/a parceiro/a.

Concluindo, o divórcio em si não é pecado, desde que haja razões justas para ele. Pecado é aquilo que antecede e justifica o divórcio: desamor, falta de tolerância, quebra da confiança, e assim por diante.

Com carinho

217
Deixe um comentário

avatar
103 Comment threads
114 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
32 Comment authors
Vinicius MouraLudmilaElizabeth MarcusCarlos AlbertoMaria penssoa farias Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ludmila
Visitante
Ludmila

Ola
Eu tenho 23 anos e vou completar 2 anos de casamento, eu tenho muita duvida em relação ao divórcio porque no meu casamento não houve traicao, mas não existe mais amor, meu marido só me maltrata, a violência verbal está frequente no meu casamento. Eu estou desanimada, não consigo mais fazer mais nada para e com ele. E ele também. É errado se divorciar nessas condições?

Elizabeth Marcus
Visitante
Elizabeth Marcus

Eu estava tendo problema de casamento antes, mas foi resolvido, eu fui ajudado por um pastor na Nigéria pastor Tb joshua, você pode contatar o seu número whatsapp +15715709537

Carlos Alberto
Visitante
Carlos Alberto

Boa noite! Vou contar o que aconteceu comigo. No começo do meu casamento tudo transcorria bem, bem mesmo. Minha ex falava que tinha vontade de fazer coisas, que nunca proibi. Os problemas começaram quando ele começou a querer ir praticamente todo o final de semana para a casa dos pais (700 km) de casa. Isso acontecia com muita frequência. Contudo sempre relevei. Então ela começou com ciúmes extremos (cronometrava o tempo que demorava do serviço para casa) e sempre me recebia de cara feia, evitava sair de casa a qualquer custo, chamava ela para ir em varias lugares, inclusive na… Read more »

Edson
Visitante
Edson

Olá, eu fui casado a 6 anos , amo muito minha ex, mas no casamento havia muitas brigas, tudo bem aí até é normal todo casal tem. Vou resumir pra não ficar extenso. Com o tempo a minha ex esposa começou a cuidar de um menino como babá a criança tinha de 1 ano pra 2 anos e eu trabalhava a noite de vigilante chegava em precisava descansar e o muleque berrava é assim se repetia todos os dias eu conversei com ela pare de cuidar da criança esse era um bico e ganhava 300 reais e eu precisava descansar… Read more »

Rute
Visitante
Rute

Meu nome é Rute.
Vivi 20 anos com uma pessoa sendo traida o tempo todo .
Descobri varias traições, separei dele e hoje me falaram que não posso me casar novamente.
Quero muito saber se a biblia condena o divórcio nesse caso?
Pois o que quero é agradar a DEUS pois ELE é tudo para mim.

Sergio
Visitante
Sergio

Vc pode se casar sim ..foi ele q adulterou e t traiu por várias vezes …vc acha justo vc ter q viver a vida inteira sozinha sendo q quem cometeu o pecado foi ele. ..não vá pelas conversa dos outros q não tem entendimento da palavra ..pesquise mais sobre o assunto é vai ver q Deus não qer ver vc o resto da vida sozinha ele qer vc feliz

ERICA DA SILVA SOUZA
Visitante
ERICA DA SILVA SOUZA

MEUS EX SE SEPAROU A 3 ANOS JÁ VI ELE COM OUTRAS MULHERES,E EU CONHECI UMA PESSOA AGORA SÓ QUE AINDA NÃO ESTOU DIVORCIADA POSSO MIM ENVOLVER COM ESSA PESSOA OU NÃO.

Ronedilc
Visitante

Eu já conheci a minha esposa a 5 anos mas moramos juntos a 7 meses e depois casamos estamos com um ano e e seis meses , mas ela sempre com ciúmes , desconfiada , sempre me perdendo olhando meu telefone pra ver se tinha algo ou pegava algo , não me deixava só por nada nessa vida , era sempre exigindo beijos e abraços claro nunca neguei isso a um tempo ela queria manda meu filho pra mãe pois não avia mas paciência e por muitas vezes quase fiz isso só pra mim ter paz , ela dizia coisas… Read more »

Ederson
Visitante
Ederson

Olá, busco ajuda em uma situação que vem acontecendo em minha família, sou casado a quase 4 anos, quando casei minha esposa tinha uma filha de 8 meses que a tenho como filha, um bênção na minha vida, e temos outra menina de 2 anos, alguns meses atrás minha esposa começou com histórias de querer o divórcio, pois eu não lhe dava a atenção que deveria, (vício em computador) e só então percebi que estava destruindo minha família e comecei a mudar, à um mês ela saiu de casa e foi morar com a mãe dela e levou as crianças,… Read more »

Anonimo
Visitante
Anonimo

Olá. Eu estou muito angustiada e ansiosa por conta de uma situação que estou vivendo. Nasci em berço cristão, meus pais moravam juntos mas não eram casados. Fui batizada com 12 anos, com 15 anos de idade perdi minha mae, daí então as coisas começaram a desandar, meu pai arrumou outra mulher e eu e meus irmao sofremos muito. Quando tinha 16 anos conheci um cara do mundo e comecei a me relacionar com ele, perdi minha virgindade, fui me afastando da igreja, indo pra festas passava dias na casa dele que morava em outra cidade e pior descobri que… Read more »

dieta01.com
Visitante

Buenas

Que tiempo has dedicado a tremendo a porte y hay demasiadas
cosas que no sabía que me has aclarado, esta espectacular..
te quería agradecer el tiempo que dedicaste, con unas infinitas gracias, por
aconsejar a personas como yo jejeje.

Besos, saludos

Fernanda
Visitante

Olá boa noite
Sou casada a quase dois anos
Mais relacionamento já faz uns 10 anos
Meu marido e usuário de drogas e chega sexta some fica três dias sumido
Chegamos a separar de casa não moramos juntos
Mas sempre q estamos perto é só confusão e briga
Ele não luta para mudar
Estou sempre indo a igreja buscando
E ele não quer compromisso com. Deus isso já deixou claro
Já pensei varias vezes separar no papel só que não sei se é certo nesse ponto
Não sei o que ele faz na rua nesses dias que fica fora nem me informa
O que devo fazer ?
Presciso de um conselho

SIMONE CARVALHO
Visitante
SIMONE CARVALHO

Amados e amadas de Deus. Estou casada há quase 9 anos e venho até então declarar que estou infeliz.
Aquele que se diz ser meu marido quer que eu seja prisioneira dele, quer que eu seja a vaquinha de presépio dele e vivi querendo brincar de “Seu Chefe Mandou”. Vive me desrespeitando o tempo todo entre outros.
Essas e outras atitudes dele no dia a dia está a cada dia me afastando.
Venho tentando de tudo mas não está adiantando. Tô estressada e desesperada. O que fazer????????

Paciente
Visitante

Olá. Estive casado com a minha esposa por sete anos. Decidi me separar por inumeras recusas e desculpas de todos os jeitos absurdos para não ter intimidade sexual. Barba naonão feita… cabelo não cortado…. com fome…. sempre cansada (não trabalha)… barriga cheia…. to sem vontade… você só pensa nisso …. e por aí vai. Conversei inúmeras vezes. Discuti muitas vezes. Procurei mudar tudo o que era problema e nada. Tudo era para castigo de não ter sexo. Fomos a vários encontros de casais. Pedi pra ela buscar ajuda… Tentei conversar varias vezes com ela sobre o problema e ela fugia…… Read more »

Michele
Visitante
Michele

Ola Vinícius, estou com meu marido desde os 13 anos de idade e ele 15 hj tenho 33 e ele 35 mas desde sempre fomos muito diferentes, ele tem todos os defeitos que não suporto em uma pessoa o pior é o egoísmo ate com nossos filhos, ele sempre, sempre mesmo pensa nele antes de pensar em qualquer pessoa, já me deixou com fome varias vezes mas ele nunca ficou, se faz de coitado e paga de boa pessoa mas infelizmente é uma pessoa ruim que sente raiva ate pelo amor de mae, reclama que só penso nas crianças e… Read more »

Ligia
Visitante
Ligia

Estou numa situação tb complicada sou casada a 11 anos não tivemos filho, eu estava fazendo tratamento quando descobri que tinha uma mulher gravdia do meu esposo, meu muno caiu estou no funo posso sem vontade de nada, so queria mesmo era sumir

Uol
Visitante
Uol

A Paz de Cristo a todos, Muitas vezes tento me encaixar dentro de tudo relatado no texto, ate porque Deus fala que os julgara, sendo assim ao final de uma sentença posso ser absolvido. A quebra de confiança não é só por adultério e sim por diversas coisas que faz você ficar sempre desconfiado de quem deita com você todos os dias, mas sim até violência psicologica com ciúmes e outras coisas. Mas Pastor, A duvida é a seguinte: Deus não é capaz de reconstruir qualquer coisa na face da terra? não é capaz de curar um enfermo? não é… Read more »

Laine
Visitante
Laine

Me encontro numa situação muito ruim tbm. Me casei muito cedo, amando muito, mas há mais ou menos 6 anos, meu marido me traiu, teve um filho fora do casamento, e tenhi certeza q essa nao foi a unica amante q ele teve, … Ja passei por muita coisa…e hj estou sentindo o peso de tê lo perdoado…ele nunca valorizou eu o ter perdoado..na época pensei em todos, menos em mim. E hj sinto q não o amo mais. E quero me divorciar e ele fica insistindo. Mas realmente não quero…nao temos nenhuma cumplicidade mais… Conversamos apenas o basico… Sempre… Read more »

Yorhana Moreno
Visitante
Yorhana Moreno

Concordo com tudo o que disse . Me encontro na mesma situação ;mas não é só por este motivo que concordo com suas palavras ! Na verdade sempre discordei da tese de que Deus proíbe o divorcio ( menos no caso de adultério ) ,principalmente por que sempre acreditei fielmente que Deus não sente prazer na infelicidade do ser humano. Sempre acreditei que como toda lei deveria de haver uma brecha . Entenda! sei que Deus é perfeito e não erra . Digo sobre o fato de os homens errarem , tanto ao interpretar como repassar a mensagem ..Não é… Read more »

Anonima
Visitante
Anonima

Boa noite! Entrei no Google para obter um resposta , pois sou cristã e estou à beira de um divórcio, engravidei muito cedo com 14 anos e até então estou com ele até hj, temos dois filhos um adolescente de 16 anos e um na fase Ainda de criança, e não tenho nenhum sentimento mais por meu marido , ele relaxou demais engordou, e não regou o nosso casamento e hj estamos já conversados q iremos nos divorciar , só estamos resolvendo umas pendências financeiras que é o principal obstáculo de Ainda não termos divorciado … enfim quero muito resolver… Read more »

Amiga
Visitante
Amiga

Quanto a igreja não sabemos qual evangélica frequentar, são dá mesma religião porém diferentes, umas batizam crianças outras não, umas acreditam em dons do espírito, outras não, umas pode usar de tudo, outras ssao mais restritas, é uma escolha difícil, ainda mais agora que fui convidada pra ser madrinha de batismo de duas crianças e não sei se devo ou não ir, afinal existem várias passagens bíblicas que confirmam a fé de quem batiza os pequenos… Substituição dá circuncisão por batismo, batismo de Paulo em todos dá casa do carcereiro, o que induz que as crianças também, o batismo que… Read more »

Amiga
Visitante
Amiga

Muito obrigada pela sua atenção, que Deus te cubra de bençãos. Conversei com meu marido, ele está disposto a ir numa terapia, porém é uma coisa que tem que ser bem escolhida, de preferência cristã, pois já fui a uma que mandava praticar masturbação, daí não fui mais por isso, vi logo que não vinha de Deus, e também moramos numa cidade do interior, tenho medo de outras pessoas saberem do nosso caso. Vou procurar numa cidade vizinha. Esse assunto já nos desgastou demais, estamos muito indiferentes um com o outro, e sem jeito com a família pois algumas pessoas… Read more »

Amiga
Visitante
Amiga

Continuando… Ele é um homem alegre, realizado profissionalmente, me disse que fui a primeira mulher dele, me abraça e me beija na frente dos outros, mas a sós ele não tá nem aí, até me beija mas dificilmente passa disso, ele parece ter um bloqueio, não tá dando pra viver assim, até sonhos eróticos tenho, tenho orgasmos dormindo, me sinto humilhada, desprezada, ele diz que me ama e não quer se separar , mas não se esforça pra mudar, são seis anos tentando, não quero me separar pois ainda tenho amor, e não quero que nossos filhos tenham pais separados,… Read more »

Amiga
Visitante
Amiga

Por favor Vinícius me ajude, preciso de uma palavra. Sou casada há 6 anos, tenho 22 anos e meu marido 27, temos dois filhos pequenos, somos católicos, mas nós dois já frequentamos igrejas evangélicas, e hoje gostamos de visitar uma ou outra, pois não decidimos qual congregar, me esforço pra não desagradar a Deus, mas apesar de já ter orado pra Ele transformar meu casamento, parece que não chegou a hora, ou falta algo, não sei. Enfim, meu marido não tem muito interesse em sexo, nunca descobri uma traição, mas já descobri muitas, muitas mentiras sobre assuntos diversos e até… Read more »

soares
Visitante

OLÁ AMEI O BLOG! NUNCA FUI CASADA, MAIS MOREI JUNTO COM MEU EX QUE HOJE FAZEM 7 MESES QUE ESTAMOS SEPARADOS, CONHECI ELE NA IGREJA E DEPOIS ELE SE DESVIOU TEVE ENVOLVIMENTO COM CRACK, E OUVE TRAIÇÃO, DEVIDO A TANTA COISAS RESOLVER VOLTA PRA CASA DA MINHA VÔ E A 2 MESES ELE SE VOLTOU PRA IGREJA E QUE VOLTAR MAIS NÃO TENHO O MESMO SENTIMENTO QUE ANTES POR ELE, MAIS JÁ TENHO 2 FILHOS E FICO ME SENTINDO CULPADA COMO SE TIVESSE ACABADO COM MINHA FAMÍLIA, E TENHO MEDO DE ESTA FAZENDO ERRADO EM TER ME SEPARADO, ESTAREI EM… Read more »

Anonimo
Visitante
Anonimo

Olá Vinícius! Me casei há um ano e minha sogra veio morar na minha casa pq se separou do marido. Disse q seria só algumas semanas até arrumar um lugar, mas não saiu mais e nem pretende. E isso aconteceu assim q voltei de lua de mel. As brigas são constantes, pois não foi o que eu havia planejado e ela trata meu marido como se fosse um bebê. Eu fico de saco cheio e penso em me separar, por isso pesquisei à respeito e estou lhe enviando essa mensagem. Ele vê a mãe dele como exemplo de mulher. Acha… Read more »

Anônimo T.
Visitante
Anônimo T.

Oi Vinicius! Venho por meio dessa msg, pedir uma orientação.. Vou tentar resumir. Tenho 25 anos, sou casada há 8 anos e tenho uma filha de 7. Ou seja me casei aos 18 por causa da gravidez, nessa época não conhecia a Jesus e tão pouco a igreja… Me casei, mas NUNCA consegui amar meu marido (nem na época de namorados ou ficantes, como costumava falar), assinei os papéis do casamento contra minha vontade e ele sabia pois eu tinha falado que não queria, chorando muito e assinei. Porque como moramos fora do país era necessário o casamento pra legalizar… Read more »

Maria Madalena
Visitante
Maria Madalena

Bom dia Vinicius, ….preciso desesperadamente de ajuda, casei me a 11 meses, sai de casa depois de 6 meses porque estava a sofrer abusos físicos e verbais, voltei para casa dos meus pais… um mês depois conheci um rapaz pela Internet… começamos a sair… por ser cristã comuniquei a igreja e ao meu actual marido que queria o divorcio. Fui incentivada a perdoar e voltar para casa…. no entanto eu e o novo rapaz começamos a fazer planos ele se esta a divorciar porque foi traído pela mulher. Mas o que encontrei foi apenas condenção na igreja… disseram -me que… Read more »

Vinicius
Visitante
Vinicius

Vinicius, uma pergunta…. Esse é meu primeiro casamento, estou casado a 2 anos, amo muito a minha esposa, ela não me destrata nem me nega nada mas acontece que ela não me completa da maneira como eu achei que seria, ela tem um outro estilo de viver e eu não consigo me adequar a maneira dela e ela não consegue se adequar ao meu jeito de viver, eu sou uma pessoa que gosta de carinho, contato fisico, ela já não tem esse costume, enfim, nunca houve traição nem brigas (pra valer)…. Ultimamente eu venho me sentido muito preso a esse… Read more »

Anónimo
Visitante
Anónimo

Olá Vinicius ! Me tire uma dúvida fui casada durante 10 anos com pastor , antes de me casar só ouvia falar mal dele enfim nos casamos no dia do casamento levei um tapa na cara dele ele ja vinha se demonstrando nervoso mas eu estava apaixoda e casei sempre o ajudei na obra eu tinha meu ministério que era o louvor, mas eu vivia ouvindo dele vc nunca acrescentou nada na minha vida não ta feliz vai pra sua mãe parece que ele nunca me amou se me dava roupa ou algo jogava na cara começou a esconder o… Read more »

Mirian Isabel Martins
Visitante

Tô aguardando a resposta da minha pergunta

Mirian Isabel Martins
Visitante

Boa tarde Vinicius,, eu tenho uma dúvida muito grande diante de Deus sobre a minha vida sentimental. Morei com um rapaz e tive um filho, me separei e depois de 7 anos casei novamente, mas dessa vez no civil e nisso já tava na igreja, pois sou conhecedora de berço. Hoje me encontro sozinha, pois me divorciei devido à um casamento destruído. Perante Deus, qual dos dois é o meu marido?? Ou será que nenhum dos dois?? Será q sou livre perante Deus pra me casar novamente,, apesar q não me sinto livre e desconfio q Deus ainda queira restaurar… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Exatamente meu irmão, para que de nossas mãos não sejam cobrado sangue inocente, É PRECISO CUIDADO MUITO CUIDADO AO TRANSPLANTAR CONCEITOS. Obg pela atenção

Anônimo
Visitante
Anônimo

1 corintios 7:10, 11 Todavia, aos casados, mando não eu, mas o Senhor, que a mulher se não aparte do marido.
Se,porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher 1 corintios 7:39 A mulher está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive; mais, se falecer o seu marido, fica livre para casar com quem quiser, contanto que seja no Senhor.

Anônimo
Visitante
Anônimo

Amado irmão, esta escrito… Todavia, aos casados, mando,NÃO EU, MAS O SENHOR que a mulher não se aparte do marido. O apóstolo fala literalmente, que não foi ele quem falou e sim que ele foi um instrumento ao qual Deus o usou para que assim o falasse.

Vinicius Moura
Visitante

Meu caro (minha cara) Os mandamentos bíblicos precisam ser olhados de forma cumulativa: eles se somam uns aos outros e assim precisam ser encarados. Até porque uma parte da Bíblia (por exemplo, uma carta de Paulo), não tem mais peso que qualquer outra. No caso em questão, você conhece, certamente, o trecho onde Jesus fala que o divórcio por infidelidade é permitido (Mateus 19:8-9). Se você olhar apenas o texto de Paulo acima, parece haver uma proibição absoluta. Mas a manifestação de Jesus deixa claro que não é assim, ou seja, há situações onde é possível sim se divorciar sem… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Boa Tarde.Sou casado no papel;durmo em quarto separado e nao tenho nenhum relacionamento com a mulher que casei.
Nao me separei ainda;Entrei em um relacionamento com uma paixao antiga que esta a 3 anos separada do ex marido.Estou muito feliz e voltei a viver novamente.Isso é pecado??

Vinicius Moura
Visitante

Meu caro

O meu texto indica em que situações é possível, à luz do que ensina a Bíblia, divorciar-se e entrar em novo relacionamento sem cometer pecado.

Agora, é preciso concretizar a separação antes de entrar num novo relacionamento. Ficar numa situação onde as coisas não estão definidas e claras não é bom, mesmo havendo razões adequadas para o divórcio.

A Bíblia ensina que nossa palavra deve ser clara – sim, sim; não, não.

Abs
Vinicius

Anônimo
Visitante
Anônimo

Olá Vinícius, boa noite. Li seu post e agradeço por compartilhar seu entendimento. Vivo uma situação de culpa por querer o divórcio. Sou casada há 18 anos, temos dois filhos adolescentes. Durante 17 destes 18 anos meu marido sempre preservou a vida dele de solteiro, saindo com amigos, bebendo em bares, chegando em casa ao amanhecer. Sofri muito. Dois anos atrás me apaixonei por outro homem. Eu apenas o beijei e não nos vimos mais, mas decidi me separar, pois não poderia mais sustentar um casamento de sofrimento e ainda apaixonada por outro homem. Quando pedi a separação, meu marido… Read more »

Vinicius Moura
Visitante

Minha cara O fato do seu marido ter vivido como se fosse solteiro por tantos anos já é motivo suficiente para o divórcio à luz da Bíblia. Portanto, se você tomar qualquer iniciativa nesse sentido, a meu ver, não estará em pecado. Alguns poderiam objetar que, como ele mudou seus caminhos, você deveria perdoar e continuar com ele. O perdão é sim um mandamento e você deve fazer isso. Mas perdão não implica em reconciliação – eu tenho um post aqui no blog que explica isso muito bem. Em outras palavras, perdoar não é voltar à situação anterior, como se… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Oi Vinícius! Obrigada pela atenção ao meu caso.Eu não vejo absolutamente nada de traços homossexuais no meu esposo, mas entendo a ligação que vc fez com a visão que tive. É bem verdade que meu esposo é passivo em diversas situações; não me procurava como outros homens; não cortejava como outros, uma relação de dependência com a mãe, uma postura muuuito diferente. Porém, sempre demonstrou respeito. E o curioso é que o respeito em excesso causa estranheza.Tenho pensamentos negativos em excesso…. de que ele é feio, de que ele é preguiçoso, de que ele não tem uma postura mais firme… Read more »

Vinicius Moura
Visitante

Minha cara Seu depoimento é longo e não tenho condições de discutir ponto por ponto. Por isso vou me concentrar num aspecto que me parece resumir bem a situação. E está numa de suas frases finais: namorar sem ter vontade? Entendo que você me pergunta se está condenada a uma das duas alternativas: ser infeliz ou pecar (caso venha a se divorciar). É um dilema terrível, sem dúvida. Mas o erro da sua abordagem está na forma como o dilema está colocado: é uma coisa ou a outra. Isto porque há uma terceira alternativa: a restauração do seu casamento –… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Obrigada de coração e desculpe ter sido tão longa. A família dele sempre me tratou com desprezo e desrespeito e acabei não querendo me aproximar mais, mas eu entendo bem seu conselho.
Muuuito obrigada!!

Anônimo
Visitante
Anônimo

Olá Vinícius, parabéns pelo blog! Creio que vc faz com muito amor essa tarefa de aconselhamento, pq requer muita paciência e carinho pelas vidas e pela palavra de Deus.Eu estou casada há 6 meses, meu esposo “aceitou Jesus” comigo, e eu fui de outra denominação religiosa por muitos anos, até que um dia conheci a bíblia. Qd nos conhecemos expliquei minha fé e no que acreditava e disse da impossibilidade da nossa relação devido a fé dele em outros deuses. Ainda assim, fomos nos conhecendo e durante 5 meses eu o evangelizei. Ele compreendeu “de coração” a minha fé e… Read more »

Vinicius Moura
Visitante

Minha cara Seu relato envolve diversas questões de natureza diferente. E nem sei se vou conseguir tratar delas todas. Primeiro, vem a questão da "disputa" entre as igrejas. Você ficou em dúvida entre dois modelos de igreja, um mais estruturado, baseado em dons e ministérios, e outro mais simples, que tenta se aproximar da igreja primitiva. Seu coração parecia pender para a igreja mais familiar, onde você foi de fato discipulada. Mas talvez você tenha deixado se impressionar com as acusações de heresia feitas pela igreja maior, que eu não posso aqui avaliar se são ou não verdadeiras. É verdade… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Oi Vinícius! Obrigada pela atenção ao meu caso.Eu não vejo absolutamente nada de traços homossexuais no meu esposo, mas entendo a ligação que vc fez com a visão que tive. É bem verdade que meu esposo é passivo em diversas situações; não me procurava como outros homens; não cortejava como outros, uma relação de dependência com a mãe, uma postura muuuito diferente. Porém, sempre demonstrou respeito. E o curioso é que o respeito em excesso causa estranheza.Tenho pensamentos negativos em excesso…. de que ele é feio, de que ele é preguiçoso, de que ele não tem uma postura mais firme… Read more »

Yasmim França
Visitante

Oi, eu namoro uma pessoa que eh da igreja (eu tb sou) e ele esta separado fez dois anos mais ainda nao eta divorciado no papel. a minha duvida eh se eu estou em adulterio so namorado com ele mesmo ele estando casado no papel. eu devo terminar com ele e so voltar quando ele estiver dicorciado ou posso continuar o namoro ate o divorcio sair para nos casarmos? estamos em pecado ou nao?

Vinicius Moura
Visitante

Sua dúvida é bastante comum. E ela parte de uma percepção errada Deus. Eu me explico. Deus olha para a intenção e não para a formalidade. A separação formal do seu namorado é importante apenas para efeitos legais e também para o caso de você vir a querer casar com ele na igreja no futuro. Para Deus, a separação d´Ele já se deu, pois vale a intenção. Portanto, se pecado existe, ele já ocorreu. Simples assim. Nada vai mudar o fato de você esperar ele se separar formalmente para fins da forma como Deus olha para essa relação. Portanto, o… Read more »

vivi sousa
Visitante

Vinicius …. Cometir adultério e tive uma filha , com isso me divorciei, Biblicamente posso casar com o pai da minha filha?

Vinicius Moura
Visitante

São duas coisas separadas: o seu erro anterior e sua situação atual. Você pecou, não há dúvida disso. E deve se arrepender e e pedir perdão a Deus, se é que já não fez isso. Não estou te julgando, apenas falando o que a Bíblia ensina. Fale com Deus e tenha certeza de estar perdoada, antes de ir em frente com outras coisas. Agora, a questão que fica é se você tem direito de reconstituir sua vida, depois do seu erro. Claro que sim. A Bíblia ensina que somente o pecado contra o Espírito Santo não tem perdão. E não… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Boa tarde! Estou separada, o processo do divórcio está em andamento e assinei as papeladas. Estou namorando um rapaz que está na mesma situação que eu. Ele se separou por adultério da parte dela e eu fui repudiada pelo marido que não era cristão. Gostaria de saber se estamos em pecado? Não estamos tendo relação sexual.

Vinicius Moura
Visitante

Leia de novo meu post acima para ver a argumentação que desenvolvo.

Agora, adultério e repúdio são ambos motivos válidos para o divórcio. Nesses casos vocês estão cobertos e podem reconstruir suas vidas sem qualquer problema. Espero que sejam felizes.

Abs
Vinicius

Cláudia Benjamim
Visitante

Me ajudou muito

ANONIMO
Visitante

ME EXPLIQUE POR FAVOR O CAPITULO 10 VERSICULO 10 DE MARCOS. TO CONFUSO SOBRE ESTE VERSICULO

Vinicius Moura
Visitante

Você se refere a Marcos 10:11, onde fala que quem repudiar sua mulher e casar de novo, comete adultério. Meu texto fala sobre isso – recomendo que volte a lê-lo com calma. A advertência se refere à situação em que a pessoa se divorcia por motivo fútil, sem justificativa. E naquela época, em que os direitos eram todos dos homens isso podia acontecer até pelo fato da mulher cozinhar mal! Uma terrível injustiça, até porque a mulher repudiada ficava em situação desesperadora. Ora, o divórcio somente pode se dar com base em motivos reais, dentre as quais o adultério é… Read more »

vanessa araujo
Visitante

Isso acontece desde quando nos casamos .
Ele me maltrata ,me oprime,me agride tenhi varias marcas no corpo,nossa filha tem dificuldades de chama-lo de pai por causa disso e ela ficou com problemas psiquicos.

Vinicius Moura
Visitante

Eu falo sobre isso no meu texto: agressões são motivo para você se divorciar. Tanto físicas como morais (xingamentos). Contra as agressões físicas, há até lei (Maria da Penha) que protege a mulher.

Você precisa se proteger e ter garantias de poder viver uma vida digna. Deus não espera que você fique presa a um casamento que torna você uma vítima de maus tratos.

Deus pode mudar seu marido? Sim, pode. Mas ele precisa querer. E muitos homens não querem isso. Infelizmente. E as mulheres precisam aprender a se proteger.

Espero ter ajudado
Vinicius

vanessa araujo
Visitante

Meu mariro de xinga de todos os nomes horriveis e me agride fisicamente.Tenho vontade de me divorciar.Isso è pecado?

cristiane da hora
Visitante

Boa Noite.
O Sr. poderia informar seu e-mail?
Muito Obrigada

Vinicius Moura
Visitante
André Nascimento
Visitante
André Nascimento

Boa noite Vinícius, Meu nome é André e estou com uma grande dúvida.Eu estava casado a basicamente dois anos. Tínhamos uma casamento feliz, porém, o nosso casamento entrou em crise, minha esposa não Suportou e acabou por pedir separação e logo em seguida o divórcio, como eu já estava desgastado emocionalmente, acabei cedendo. Antes de assinar o divórcio, conversei bastante com ela, tentei impedir que nos separássemos, ambos somos da igreja e sabemos que é contrário à bíblia e à vontade de Deus essa separação, porém ela ignorou e levou adiante de qualquer maneira, estava irredutível. Fiquei muito chateado, até… Read more »

Vinicius Moura
Visitante

Leia de novo o meu post com calma. Não é exatamente isso que a Bíblia diz.

Se sua esposa se separou de você e pediu divórcio, você está absolutamente livre para seguir em frente com sua vida e se casar de novo.

Abs
Vinicius

André Nascimento
Visitante
André Nascimento

Mas no meu caso, não houve nenhum motivo plausível pela bíblia para a separação, meu casamento simplesmente caiu em uma crise e a minha esposa não suportou e decidiu se separar, não houve traição, abandono de lar, descaso com o amor ou algo assim. Mesmo assim eu continuo livre para seguir em frente com a minha vida?

Vinicius Moura
Visitante

Insisto: leia de novo o texto do post. Seu caso está absolutamente previsto na Bíblia. Sua esposa decidiu romper o relacionamento. Foi uma decisão dela. E você não pode ficar prisioneiro dessa decisão, sendo impedido de seguir adiante com sua vida. Portanto, vá em frente e tente ser feliz.

Abs
Vinicius

manio suxsex
Visitante

had a huge bust-up with mypartner vanessa, called my motherin tears, she said she could help, Imust admit, I was very, veryskeptical, in fact I did not think she willcall back, but it was only a fewdays when she called and asked tocome, to talk, and we talked aboutsilly misunderstanding and shehooked me up with creepypriest ….. it turned out that he was not , I contacted him and Iexplained…sent him somephotos of vanessa .. ..4 days later vanessaknocked on my door, smilingas … ..its were crazy year, and weare still together … it was actuallygreat, I highly recommend itservices,… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Bom dia, vi o relato da colega acima, e o senhor falou que agressão física e motivo de divorcio segundo a bíblia, eu queria saber em que versículo , pois o meu marido é um homem muito agressivo.

Vinicius Moura
Visitante

Leia de novo o texto acima: nele eu cito os versículos necessários. Falo claramente da questão da agressão física. Quando um marido agride a esposa, ele viola todo o princípio sobre o qual o casamento deve ser construído. E o pior é que esse tipo de atitude tende a ser repetitivo. E o agressor se arrepende, chora, promete não fazer mais, é perdoado, para repetir tudo no primeiro momento de descontrole. Cabe à mulher não permitir que isso aconteça, dando um basta. E isso nada tem a ver com o perdão que a Bíblia nos manda praticar. Perdoar é uma… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Muito obrigado , o senhor me ajudou muito.

Maria penssoa farias
Visitante
Maria penssoa farias

Oi fui morar junto com um rapaz a seis anos atraz a dois anos nos casamos. Mais ele nunca ficou mirando na mesma casa junto comigo mais de tres meses. Semple que as coisas apertava ele ia embora pr casa dos pais. Nestes seis anos fui abandonada por ele divercas veses mas a gente semple voutava ate que mes passado era aniverssario dele e eu emplorei pr ele ficar comigo ele disse que nao que ia viajar com os pais.. e pro meu desespero descobri que o carro que sonhamos em comprarmos juntos com tanta luta ele passou pro nome… Read more »