ESTEJA PREPARADO

0
1578

Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Lucas capítulo 12, versículo 20

O Brasil volta e meia se emociona com a morte acidental de artistas e esportistas famosos, como o grupo Mamonas Assassinas e Airton Senna. E é sempre chocante ver uma vida se perder de forma inesperada e no auge da sua carreira artística ou esportiva.

Tudo isso me lembra uma verdade que incomoda muito: todos nós vivemos como se a vida não fosse acabar nunca. Como se as coisas fossem permanentes. Mas infelizmente não são.

Jesus falou sobre isso através de uma parábola contando a estória de um agricultor muito rico (ver citação acima), que resolveu ampliar seus celeiros para poder acomodar uma produção de grãos crescente. E imaginou poder depois poder aproveitar o que tinha acumulado na vida. E aí sua vida acabou.

Um autor de quem gosto muito ensinou que pensar na morte é como olhar diretamente para o sol: só conseguimos fazer isso por pouco tempo. E em certo sentido, isso é bom, pois essa percepção de permanência, de imortalidade enfim, estimula as pessoas a planejarem, a investirem hoje para recolherem os frutos no futuro e assim por diante. E esse é um dos motores do progresso da humanidade. 

Agora, isso não quer significa que possamos viver sem levar em conta que a vida não dura para sempre. Sem nos darmos conta que basta um instante para tudo mudar.

Quem não entende isso é arrogante ou insensato – na frase que abre esta postagem, Jesus chamou o lavrador rico de “louco”, expressão que tem esse mesmo sentido.

Jesus nos advertiu muito sobre a necessidade de estarmos preparados. E contou inúmeras parábolas falando sobre isso, como a do ladrão que chega inesperadamente ou a dos convidados que chegaram atrasados  para uma festa e não puderam entrar.

Mas devemos estar preparados para o quê? Acredito que Jesus durante seu ministério tratou sobre duas coisas. A primeira foi alertar as pessoas sobre os altos e baixos da vida. Afinal, ninguém vive somente momentos bons. Parece ruim dizer isso, mas essa é a mais pura realidade. E precisamos estar preparados para essa realidade da vida.

A segunda coisa é estarmos preparados para prestar contas para Deus daquilo que fizemos com nossas vidas.  Cedo ou tarde vamos estar diante de Deus para falar sobre o que fizemos e também sobre o que deixamos de fazer. Isso porque pecamos não somente pelo que fazemos de errado mas também pelo bem que deixamos de fazer (pecado por omissão).

É preciso, pois, estar preparado. Sempre.

Com carinho 

Total Views: 5481 ,
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments