DOMINGO: DIA DO SENHOR OU DO LAZER?

2
4028

Tempos atrás, um amigo fez uma pergunta interessante: será que o domingo é o dia da semana que gera mais acessos no site? Fiz uma pesquisa, usando as diversas ferramentas de medição de tráfego, que o próprio site proporciona e tive uma surpresa: o site é mais acessado nas quartas ou quintas feiras, à noite, e menos acessado aos domingos. E há uma variação de 15 a 20% entre os dias mais e os menos acessados. 

Reflita sobre o que acabei de falar: o domingo, o ”dia do Senhor”, o dia da semana que devia ser separado para Ele, é justamente o dia em que parece haver menos interesse em discutir as coisas relacionadas com a fé cristã. Como explicar esse paradoxo? 

A primeira resposta que me ocorreu, foi que as pessoas costumam ficar ocupadas com muitos compromissos pessoais – compras, lazer, festas, etc – durante o fim de semana, sobrando menos tempo para dedicar a questões religiosas. Por outro lado, é durante os dias úteis que as pessoas estudam, trabalham, gastam muito tempo no trânsito e, certamente, ficam mais cansadas. Portanto, a resposta relacionada com a falta de tempo não me satisfez muito. 

Aí lembrei-me de um artigo que saiu no jornal New York Times, em 29/09/11, onde foi discutido o estado de espírito das pessoas ao longo da semana. A Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, fez um longo estudo para determinar como esse estado de espírito variava e usou como matéria prima os conteúdos das mensagens que as pessoas enviaram usando a ferramenta Twitter. 

Os técnicos analisaram cerca de 2 milhões de mensagens, enviadas por pessoas de 84 países, incluindo o Brasil. Mensagens com palavras positivas foram tratadas como indicadores de estado de espírito mais positivo – o que estou denominando de “bom humor”. O inverso vale para as mensagens fazendo uso de palavras negativas. Os resultados obtidos foram muito interessantes e bastante lógicos: 

  • O estado de espírito das pessoas vai piorando ao longo da semana e chega ao ponto mais baixo por volta de quinta feira à tarde (naqueles países onde a sexta-feira é o último dia útil da semana). 
  • Os momentos de maior “bom humor” são a sexta à noite, o sábado à noite e o domingo durante o dia. 
  • No domingão, o astral começa alto e continua assim durante o dia. Depois cai lentamente até o fim da noite. Mas esse é o dia de humor mais alto. 
  • Nos dias úteis, o “bom humor” atinge seu ponto mais baixo à tarde, melhorando um pouco à noite.

Comparando o acesso ao site com o resultado desse estudo, encontrei uma correlação interessante: quanto maior o “bom humor”, menor o acesso ao site. E quando o “bom humor” cai, o acesso ao site sobe. Em outras palavras, as pessoas ficam mais predispostas a refletir sobre as coisas relacionadas com Deus quando estão por baixo. Quando estão se sentindo bem, isso importa menos. Simples assim.

E essa é a percepção da Bíblia quanto ao comportamento humano. O texto bíblico ensina que as pessoas tendem a se aproximar de Deus quando estão em sofrimento e se afastam d´Ele quando estão bem. Nas crises, as pessoas vão para junto de Deus e querem sua presença a cada momento do seu dia, pois se sentem perdidas e vulneráveis. Nos momentos bons, preferem curtir sua vida e agem como se não precisassem muito de Deus.

É exatamente por isso que ter o domingo como o dia dedicado a Deus vem perdendo apoio entre os cristãos. E as igrejas não vem conseguindo mudar esse estado de coisas.

Mas, se Deus reservou um dia para que os seres humanos dedicassem a Ele, alguma razão importante havia por trás dessa decisão. E a explicação é relativamente simples: não é possível construir uma boa relação com alguém sem dedicar “tempo de qualidade” para essa pessoa. E, por “tempo de qualidade”, refiro-me aos momentos em que estamos bem, descansados, sem pressa e em condições de curtir bem o relacionamento – exatamente como a maioria das pessoas parece estar no domingo.  

Tudo isso aponta para um grande erro da sociedade moderna. As pessoas vêm cada vez mais preferindo seu lazer ao relacionamento com Deus. E dedicam a Ele o tempo que lhes sobra, nunca os melhores momentos. E depois não sabem porque seu relacionamento com Deus não progride.

Nunca deixe de separar “tempo de qualidade” para estar com Deus, orando, louvando, estudando sua Palavra, etc. E os dados indicam que o domingo parece ser o melhor dia para isso. E pode ter certeza que dedicar a Deus seu domingo será o melhor uso possível desse dia. 

Com carinho

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Vinicius MouraÂngela Maria Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ângela Maria
Visitante
Ângela Maria

O domingo não é respeitado porque Deus recomendou o sábado. Nós trocamos o dia. Muitos criticam os sabatistas mas eles são os que dedicam o dia todo às coisas espirituais.