AS VIRTUDES CRISTÃS

0
48105

Hoje vou falar de virtudes cristãs. Todo mundo espera que os cristãos sejam pessoas virtuosas. Mas o que isso quer dizer na prática? Quais são as virtudes cada cristão deveria ter?

Antes de discutir as virtudes cristãs propriamente ditas, gostaria de lembrar a você que virtudes são coisas meio misteriosas, não  sendo tão simples de discutir como pode parecer à primeira vista.

Gostaria de alertar você para três coisas em relação às virtudes. Primeiro, nem tudo que parece ser uma virtude, de fato é isso mesmo. Por exemplo, ser educado (polido) parece ser uma virtude – afinal, todo mundo gosta de lidar com uma pessoa com essa característica. Mas, essa não é uma virtude verdadeira, e tanto é assim, que os maiores estelionatários normalmente são pessoas muito agradáveis e educadas. O mesmo pode ser dito de vários assassinos seriais.
 
Segundo, aquilo que parece ser virtude numa situação, pode não ser classificado da mesma forma em outra – como diz o ditado, às vezes, nossas maiores qualidades são também nossos maiores defeitos. Por exemplo, todo mundo quer ter um chefe democrático, alguém que ouça e leve em conta as opiniões e necessidades dos subordinados. Mas, seria recomendável que o chefe da equipe de bombeiros fizesse uma reunião para ouvir a opinião dos subordinados antes de atacar um incêndio? É claro que não, pois a rapidez é essencial nesse tipo de situação. Ser democrático é uma qualidade num caso mas não é igualmente positivo no outro.

Finalmente, é importante sempre considerar que a virtude precisa ser exercida na medida adequada. Por exemplo, coragem é uma virtude importante. Mas, quando ela existe em medida menor do que o necessário, vira covardia, já quando é excessiva, vira temeridade. Portanto, existe um meio termo saudável tanto para a coragem, como para qualquer outra virtude. 

Definição de virtudes cristãs
Virtudes cristãs são aquelas ensinadas na Bíblia e elas são sempre verdadeiras, valem em qualquer circunstância e não tem restrição de medida (quanto mais, sempre é melhor). Nisso elas diferem de outras virtudes. Então, quais são essas virtudes especiais? São sete. Vejamos quais são elas:
Mente pura
Ter pensamentos puros é fundamental, já que de maus pensamentos nunca podem nascer ações boas. Aprender a pensar corretamente – evitando  hipocrisia, auto-engano, preconceitos, mentiras, imoralidades e assim por diante – é fundamental para a vida de qualquer cristão e essa é uma virtude que ajudaria qualquer pessoas a viver melhor.

Confiança absoluta em Deus
É a capacidade de manter sempre vivas a confiança (a fé) em Deus e a esperança naquilo que Ele afirmou e prometeu (como a salvação), independentemente das circunstâncias da vida. 

Compaixão
Essa virtude vai além de simplesmente sentir pena do sofrimento do próximo.  Inclui também a capacidade ser movido a fazer alguma coisa para ajudar quem precisa: doar recursos materiais, levar consolo emocional, orar, etc.

Humildade
Nenhuma virtude verdadeira pode se sustentar em cima do orgulho – é fundamental ser humilde. E isso vai além de se preocupar menos em enaltecer os próprios méritos. Envolve também ter uma visão clara e realista da dependência absoluta que cada ser humano tem de Deus. Nada somos ou podemos fazer sem o apoio dele, pois a soberania de Deus é total. 
Capacidade de perdoar
O cristianismo coloca grande ênfase no perdão – trata-se da decisão de quem foi prejudicado de abdicar dos sentimentos de mágoa e da necessidade de retribuição do mal sofrido. E o perdão não depende da atitude de quem fez o mal para você, pois é uma decisão unilateral sua.

Paciência
A Bíblia chama essa virtude de longanimidade – trata-se da capacidade de suportar problemas, desconforto e/ou dificuldades de qualquer ordem, sem se revoltar ou reclamar de Deus (o termo bíblico para isso é “murmurar”).

Frugalidade
Aprender a viver com menos, não se deixando levar pelo consumismo que invadiu nossa sociedade.  

Conclusão
Nem todos os cristãos têm ou virão a conseguir ter essas virtudes exatamente na mesma dimensão. É normal que as pessoas sejam mais desenvolvidas numa área do que em outra. Por exemplo, é possível que a pessoa seja muito frugal, mas tenha dificuldade em perdoar, embora se esforce para isso.

O que Deus espera de cada um de nós é um processo de crescimento e amadurecimento especial contínuo, que vá acontecendo pouco a pouco. Ele sabe que mudar hábitos e costumes das pessoas, especialmente aqueles que já estão bastante arraigados, é tarefa difícil. Mas, Deus espera progresso contínuo do cristãos, e que ele vá adquirindo as virtudes que ainda não tem e aprofundando as que já possui. A Bíblia chama isso de santificação. Portanto, é a santificação aquilo que o cristão deve buscar.

Com carinho

Total Views: 13091 ,