A PERSEGUIÇÃO AOS CRISTÃOS

1
389

A perseguição começou assim que o cristianismo nasceu. Os primeiros perseguidores foram os líderes judeus, que não se conformaram com o fato de Jesus ser considerado como o Messias.

O livro de Atos dos Apóstolos relata como tudo começou: Pedro e João foram presos e agredidos por pregarem o Evangelho de Jesus (capítulo 5, versículos 17 a 42). Depois, um dos primeiros diáconos, Estevão, foi apedrejado até a morte (capítulo 7, versículos 54 a 60). O texto relata também que Paulo, antes de se converter, foi enviado a Damasco para liderar a perseguição ao povo cristão naquela cidade (capítulo 9, versículos 1 e 2).

Mais adiante, a perseguição passou a ser liderada pelos próprios dominadores romanos, porque o povo cristão não aceitava adorar o Imperador, que era considerado pelos romanos como um deus. Muitos(as) cristãos(ãs) foram sacrificados(as) durante essa fase da perseguição, como os apóstolos Paulo e Pedro. As pessoas eram crucificadas, queimadas ou atiradas na arena para serem mortas por gladiadores ou animais ferozes.

Já no reinado do Imperador Constantino, no começo do século IV da nossa era, a religião cristã foi aceita pelo Império romano e as perseguições cessaram. Mas, continuaram em outras regiões, especialmente quando missionários chegavam para falar da nova fé – muita gente foi torturada e martirizada.

Minorias cristãs também sempre foram vulneráveis a perseguições ao longo da história, como aconteceu nos países de maioria muçulmana. E esse problema permanece até hoje, por incrível que possa parecer: cristãos(ãs) continuam a ser perseguidos em muitos países muçulmanos, como Nigéria, Senegal ou Egito, ou em ditaduras comunistas, como Coréia do Norte.

Se você quiser saber mais sobre esse assunto, veja este site – a organização internacional por trás desse trabalho tem feito um trabalho muito importante para ajudar pessoas perseguidas em diversos lugares do mundo, algumas em países onde você nunca poderia imaginar que isso acontecesse, como o Equador.

Agora, há uma promessa na Bíblia para as pessoas que vierem a passar por perseguição por conta da sua fé em Cristo – elas receberão atenção especial de Deus por ocasião do Julgamento Final. Jesus afirmou isso expressamente, conforme registrado no Evangelho de Mateus (capítulo 5, versículos 11 e 12). É a essa promessa que milhões de pessoas se agarraram (e continuam a se agarrar) para para conseguir enfrentar o sofrimento a que são submetidas.

Portanto, quando você sentir preguiça de ir à igreja num domingo de manhã ou a um estudo bíblico durante a semana, lembre-se que há milhões de pessoas que nunca puderam (ou podem) fazer isso livremente. Precisaram (ou ainda precisam) arriscar sua segurança pessoal para fazer coisas simples como essas.

Com carinho

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Dennis Sousa Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Dennis Sousa
Visitante

É triste a questão de perseguição contra os cristãos, existiu e sempre vai existir. Pelo menos podemos fazer isso livremente no Brasil