O VERDADEIRO SAL DA TERRA

0
337

Jesus, durante o Sermão do Monte, disse que seus seguidores deveriam ser o sal da terra (Mateus, capítulo 5, versículo 13). E o sal, naquela época, era muito importante pois não só dava sabor como ajudava a conservar os alimentos.  Logo, Jesus quis dizer que seus seguidores deveriam ser importantes para o mundo, fazer a diferença.

Hoje essa expressão parece que perdeu seu significado original. Por exemplo, tempos atrás o jornal Irish Sun da Irlanda fez uma reportagem para mostrar quem é o sal da terra hoje em dia. Uma das pessoas citadas foi Angelina Jolie por causa das suas campanhas humanitárias. Já o jornal Montreal’s Gazette do Canadá afirmou que o jogador Brenden Morrow, líder do time canadense campeão olímpico de hóquei em 2010, era o sal da terra por sua bravura e resiliência.  Já o clube de futebol inglês Burnley tem a seguinte frase na sua declaração de princípios: “Nós somos… sal da terra… um clube que tem sensibilidade para o momento atual de dificuldades da Inglaterra e que pode ser o segundo time de todos…” 

Será que Jesus chamaria essas pessoas de sal da terra ou diria que um clube de futebol tem essa qualidade? Claro que não. Para Jesus, a pessoa que é verdadeiramente sal da terra não precisa ser bonita, charmosa, vitoriosa, carismática ou mesmo quem faz boas obras para gerar repercussão favorável na mídia. 

Sal da terra é quem contribui para a implantação do reino de Deus neste mundo. Trata-se de alguém que luta contra a pobreza, a injustiça, a desigualdade social, etc, sem se preocupar em aparecer ou ganhar recompensas. É também quem fala do Evangelho de Jesus e contribui para colocar as pessoas no caminho da salvação. 

Sal da terra foi o apóstolo Paulo, que levou o Evangelho a locais longínquos do Império Romano e sofreu muita perseguição para desempenhar sua missão. Foi também John Wesley, que andou de cavalo o equivalente a três voltas ao mundo para pregar a palavra de Deus na Inglaterra e, nesse processo, mudou a história daquele país. Foi ainda Albert Schweitzer, artista e filósofo renomado, que deixou a vida de conforto na Europa para ser médico de leprosos no interior da África. Ou mesmo madre Teresa de Calcutá, que cuidava das pessoas mais pobres e rejeitadas da Índia.

São também sal da terra as milhares de pessoas abnegadas que pregam o Evangelho diariamente em cadeias, hospitais e comunidades pobres, levando consolo e ajuda aos desesperados, sem esperar ou receber nada em troca. Finalmente, também é sal da terra o pai de duas meninas que perdoou o assassino das filhas, em obediência ao mandamento de Jesus (veja mais).

Que você possa ser também uma pitada de sal da terra num mundo cada vez mais necessitado da mensagem verdadeira de Jesus e da presença do Reino de Deus.

Com carinho

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of