ANIMAIS PODEM IR PARA O CÉU?

3
544257

Certa vez uma adolescente me perguntou se animais podem ser salvos – se há um céu esperando por eles, como há para os seres humanos.

Essa pergunta, aparentemente boba, é significativa porque os animais são muito importantes para muitas pessoas: são seus companheiros de vida e passam a fazer parte da sua família. Daí porque a ideia que tais entes queridos não tenham a possibilidade de uma vida eterna deixa muita gente triste, como a adolescente que me fez a pergunta, dona de um cachorrinho que ela ama de paixão.

Para responder essa dúvida, é preciso entender o que significa ir para o céu ou o inferno, á luz da Bíblia. Trata-se de definir como será o relacionamento de cada ser com Deus na chamada Vida Eterna, ou seja aquela que irá existir após o final dos tempos. O céu corresponde a uma vida junto a Ele, cheia de felicidade e o inferno é exatamente o contrário.

O caminho que cada pessoa irá tomar será consequência direta das escolhas que tiver feito durante sua vida: quem aceitar Jesus como Salvador será salvo, ou seja, irá para o céu. Assim, parece correto dizer que não é Deus quem propriamente coloca as pessoas no inferno e sim elas mesmas, mediante suas escolhas.

Logo, só faz sentido falar sobre decisão entre céu e inferno em relação a seres que tenham capacidade para saber o que é certo e errado e possam fazer escolhas livres.

Uma criança tem capacidade para fazer escolhas, mas não sabe a diferença entre certo e errado, portanto, não é responsável pelas escolhas que faz. Portanto, Deus não vai penalizá-la pelo que fizer errado. Uma pessoa louca nem tem capacidade de saber o que é certo e errado e muito menos fazer escolhas racionais, logo também não será penalizada.

Somente seres humanos em pleno gozo de suas capacidades mentais estão sujeitos a tal tipo de julgamento por parte de Deus.

Vamos ver agora a situação dos animais. Eles não têm capacidade de fazer escolhas livres, pois são movidos pelo instinto. Em outras palavras, não têm consciência moral dos seus atos, no sentido de saber o que é certo ou errado. Eles matam para se defender ou porque precisam comer. Procriam e defendem a prole para garantir a sua descendência. E assim por diante.

Portanto, não faz qualquer sentido dizer que o leão é pecador por matar a zebra – não há como aplicar o mandamento “não matarás” para ele. Simples assim.

Como os animais não têm capacidade para pecar, o conceito de escolha entre céu ou inferno não se aplica a eles. Não faz sentido falar em salvação para um cachorro ou um gato, pelo menos não no sentido que a Bíblia dá a esses conceitos. Animais não podem ser condenados ou salvos, essas são categorias que nada têm a ver com eles. 

Isso não significa que os animais estarão privados da Vida Eterna.  Acredito – mas isso é apenas uma opinião – que eles terão acesso a uma situação melhor que nesta vida, pois fazem parte da criação de Deus e Ele é bom. Agora, simplesmente não sei como isso se dará, pois a Bíblia nada fala a respeito.

Com carinho

3
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Anônimo Recent comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Anônimo
Visitante
Anônimo

obrigada, respondeu sim. camila

Anônimo
Visitante
Anônimo

Na minha infância eu lia e recebia livros, folhetos e bíblias ilustradas de como seria no Céu ou Paraiso. Nas imagens tinham pessoas sorrindo… Casais felizes , cachoeiras, crianças brincando com onças. e todos os tipos de animais, com arvores frutíferas enfim, realmente um lugar perfeito. Então esses dias meu namorado falou, Como será no Céu, então começamos a refletir juntos. Ruas de ouro? Ou terá cachoeiras, e animais? Iremos reconhecer um ao outro na vida eterna ou não. Entao eu disse que achava que não iriamos lembrar um do outro. Porque poderíamos por exemplo sentir falta de um amigo(a)… Read more »

Anônimo
Visitante
Anônimo

Jesus nos ensinou algumas coisas sobre o céu. Uma delas foi que lá as relações entre as pessoas não serão como as daqui – ele falou isso respondendo a uma pergunta sobre com qual marido uma mulher que se casou várias vezes ficaria no céu. Jesus disse que lá não há casamento. Por correlação, entendemos também que as outras ligações humanas que mantemos aqui – pai, filho, amigo, etc – não serão mantidas lá. As relações lá serão novas. Totalmente diferentes. O segundo ensinamento de Jesus, dado na parabola do rico e do Lázaro, foi que vamos nos reconhecer no… Read more »