VOCÊ É A IMAGEM DE DEUS

0
88

O assunto da postagem de hoje é a doutrina cristã do Imago Dei, que quer dizer Imagem de Deus, em latim.

Essa doutrina nasceu pela necessidade de encontrar resposta para uma pergunta que os seres humanos vem se fazendo a séculos – Quem sou eu? -, como fruto da busca incessante para encontrar significado para suas próprias vidas.

Esse tipo de inquietação está refletida na letra de uma linda música do cantor PG – veja aqui (Quem sou eu – PG) – e em inúmeras outras manifestações culturais desenvolvidas ao longo dos séculos da história humana.

A resposta da Bíblia para essa questão pode ser encontrada em Gênesis capítulo 1, versículo 26:

E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.

Somos feitos à imagem e semelhança de Deus, ou seja temos em nós, embora em dimensão muito menor e de forma imperfeita (por causa do pecado original) atributos que vieram diretamente de Deus, como capacidade de amar, de ter misericórdia, de criar, de planejar, de dirigir e assim por diante. E isso, por si só, nos dá significado.

Essa realização levou, ao longos dos séculos de reflexão teológica cristã, à doutrina do “Imago Dei”. Essa doutrina busca justamente pensar o significado de ser criado à imagem e semelhança de Deus e as consequências que isso gera na prática, no dia-a-dia das pessoas. Veja aqui um resumo da evolução dessa doutrina ao longo da história da igreja cristã (Doutrina do Imago Dei).

A interpretação de John Wesley da doutrina do Imago Dei – somos um “espelho” que reflete, de forma imperfeita e distorcida, os atributos de Deus doados a nós – é uma forma fácil e poderosa de pensar toda essa questão.

Por um lado, temos valor justamente por conta dessa “semente” divina presente em nós desde a nossa geração. Por outro lado, isso gera em nós uma grande responsabilidade: refletir o melhor possível a imagem de Deus presente em nós.

Jesus falou sobre isso quando nos lembrou que precisamos ser a luz do mundo. E a luz que vamos passar para o mundo é justamente a luz que vem de Deus e encontra reflexo nas nossas vidas. 

E quanto mais endireitarmos nossos caminhos e andarmos de acordo com o que Deus espera de nós, mais fiel será a imagem de Deus que conseguiremos refletir.

Nota: Essa postagem foi baseada em aula ministrada pela pastora Carol, na Catedral Metodista de São Paulo, em 15/04/18.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.