NÃO TROQUE DEUS POR ÍDOLOS HUMANOS

1
104338

Por que as pessoas costumam sentir tanta atração por celebridades (políticos, artistas famosos/as, esportistas vencedores/as, etc)? E por que essas celebridades acabam se tornando modelos de vida para as pessoas, que procuram imitar a forma como elas se vestem, falam e se comportam? 

Penso que há duas razões para isso. A primeira delas é que as celebridades parecem ser quase perfeitas naquilo que são e/ou fazem (no esporte que praticam, na sua forma de cantar ou de representar, na sua beleza física ou na sua inteligência). E as pessoas comuns anseiam por alcançar a perfeição. 

Como não conseguem atingir essa perfeição nas suas próprias vidas, ou seja, não vivem a perfeição diretamente, acabam tentando vivê-la de forma indireta, através das vidas das celebridades que idolatram. 

A segunda razão para as pessoas serem tão atraídas pelas celebridades é que essas os/as famosos/as parecem ter total controle sobre suas próprias vidas. Parecem ter tudo aquilo que desejam materialmente, são amadas, recebidas bem em qualquer lugar, etc.

Assim, para os/as fãs, que muitas vezes mal conseguem pagar as contas no final do mês e vivem vidas sem muito atrativo, a vida das celebridades torna-se irresistível. 

E essa atração algumas vezes chega a virar uma forma de religião e até causa histeria entre os/as fãs- a foto que ilustra esta postagem é clássica e mostra a polícia inglesa contendo, com muita dificuldade, as adolescentes que queriam tocar nos cantores da banda “The Beatles”, em meados da década de 60 do século passado. Prestem atenção no rosto dessas adolescentes.

É interessante perceber que as celebridades incentivam essa “idolatria” por parte dos/as fãs. Gostam de se sentir “deuses/as”. Por exemplo, Pelé se disse um predestinado por Deus para ser o maior jogador de futebol da história, John Lennon declarou que os Beatles eram mais conhecidos do que Jesus Cristo e a cantora Madonna se comparou à Virgem Maria (veja a música “Like a Virgin”). 

Muitos fã-clubes de celebridades se parecem com seitas: Objetos usados pelos ídolos (roupas, sapatos, etc) são guardados como relíquias pelos/as fãs e conseguir tocar no ídolo pode levar fãs ao êxtase. Tornou-se muito comum que fãs extremados/as tatuem no próprio corpo o nome ou a imagem do ídolo adorado. 

O que as pessoas ditas comuns não percebem é que aquilo que as atrai nas celebridades – o anseio pela perfeição e pela liberdade ampla de escolha – são vontades que Deus colocou em nós, quando nos criou.

Mas Ele fez isso para que as pessoas viessem a satisfazer esses enseios na relação com o próprio Deus, pois só Ele é perfeito e pode ter ou fazer tudo o que quiser. 

É por isso que não podemos ser completamente felizes, não importa o que sejamos ou tenhamos na vida, se não estamos em comunhão com Deus. Somente n´Ele podemos nos sentir plenos/as e saciados/as naquilo que desejamos.

Diversas celebridades aprenderam essa lição da forma a mais dura, pois tinham tudo e não se sentiam felizes. Apelaram para drogas, sexo desenfreado ou consumo sem limites, para preencher o vazio das suas próprias vidas, sem qualquer resultado. E algumas celebridades chegam até ao suicídio.

A morte da cantora inglesa Amy Withehouse, aos 27 anos de idade apenas, é um dos muitos exemplos trágicos dessa verdade. Outros exemplos conhecidos são Marylin Monroe, Whitney Houston, Elvis Presley e Ellis Regina. 

Gostar de um artista ou de um esportista de sucesso é natural. Eu me emocionei quando vi Pelé fazer o milésimo gol no estádio do Maracanã. Senti a morte de Tancredo Neves como se fosse de alguém da família e tenho uma série de memórias importantes, que ajudam a explicar quem eu sou criadas em cima de artistas talentosos. Ellis Regina trazendo esperanças, em plena ditadura militar, através do show “Falso Brilhante”, os Beatles cantando meus amores da adolescência, o protesto de Chico Buarque na letra da música “Construção” e Tom Jobim falando das “águas de março fechando o verão” no Rio de Janeiro.

Celebridades podem fazer parte de nossas vidas, assim como amigos queridos, virando referências nas nossas vidas, memórias essas que sempre vão nos acompanhar. Mas idolatrar seres humanos, mesmo aqueles de grande sucesso e fama, é coisa bem diferente.

Quando as pessoas comuns idolatram celebridades, duas coisas muito ruins acontecem. Em primeiro lugar, elas pecam pois violam o mandamento e não termos outros deuses na diante do nosso Deus. E isso é muito sério.

A segunda coisa ruim é que ídolo humanos sempre acabam por gerar decepção. Eles/as envelhecem, perdem a beleza, deixam de ser quase perfeitos nas coisas que faziam (por exemplo, não conseguem mais praticar o esporte que os/as fez famosos/as ou perdem a voz para cantar lindas canções).

Também costumam se comportar mal, pois afinal são seres humanos – por exemplo, o Pelé rejeitou a própria filha (reconhecida depois em exame de paternidade), diversos políticos queridos foram pegos em grandes atos de corrupção, artistas famosos/as, dirigindo embriagados/as feriram ou até mataram pessoas. E assim por diante.  

E quando a decepção chega, os/as fãs costumam se voltar contra seus próprios ídolos e os destroem, sem dó nem piedade. Um exemplo que me vem à mente é a ascensão e queda do cantor Wilson Simonal, que morreu cedo, de cirrose, sem nunca entender por que perdeu a fama. Ele chegou a reger um coro de 40 mil vozes no Maracanãzinho, no final de um festival da canção da Rede Globo (eu estava lá e posso confirmar que foi uma apoteose), mas no final da vida não conseguia nem cantar numa churrascaria sem ser vaiado.

Concluindo, nunca troque Deus por qualquer ídolo humano, seja ele/a quem for. Deus precisa sempre vir em primeiro lugar na sua vida.

Com carinho

1 Comentário


  1. Notice: get_user_by_email está obsoleto desde a versão 3.3.0! Use get_user_by('email') em seu lugar. in /home/sercrist/public_html/wp-includes/functions.php on line 3831
    Irma Gresenberg

    Muito bem lembrado. Quantas vezes não nos apercebemos disso e passamos a idolatrar algo ou pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here